Substrato e Pasteurização no forno

Esse tutorial tem como objetivo mostrar uma forma simples e eficaz de preparar um substrato tanto para usar em Bulk ou Casing.

Preparando a mistura

Para a mistura deste substrato vamos usar apenas Fibra de Coco e Esterco Bovino, existem outras combinações para confecção de substratos, mas este é o mais fácil e mais tranquilo para fazer. 

 

Começamos separando duas partes iguais de Fibra de Coco e Esterco Bovino:

 

Agora vamos começar a misturar os dois substratos, de forma que eles fiquem o mais misturados possível.

 

Essa mistura vai estar úmida, mas não o suficiente, como ela ainda vai ao forno, é normal que ela perca uma boa parte da umidade, por isso é bom adicionar agua na mistura.

O ponto certo que quando você aperta com as mãos e algumas gotas escorrem entre os dedos.

IMG_7669

 

É normal o substrato ficar um pouco compactado após essa mistura, por isso é adicionado vermiculita. A vermiculita ira ajudar a deixar o substrato mais aerado e também ira ajudar a manter a umidade por mais tempo.

IMG_7672

 

Agora vamos misturar tudo mais uma vez e adicionando agua até o ponto ficar como descrito acima:

 

Notamos que agora o substrato quase dobrou de volume:

Preparando a pasteurização

Neste ponto vamos usar o forno para atingir cerca de 76 graus, essa temperatura precisará ser mantida por pelo menos 1h30 e de forma constante.

Somente assim vamos nos assegurar que os micro-ornagismos prejudiciais morrerão durante o processo, restando apenas organismos benéficos para nosso fungo crescer saudável. Há cultivadores que repetem esse processo por duas vezes.

Utilizaremos agora um saco especial pra assar frangos, esse saco é próprio para ir ao forno e será ótimo para o que desejamos fazer:

 

Utilizaremos também um termômetro culinário, você consegue encontrar este mesmo por cerca de R$30,00 em lojas especializadas ou até mesmo pela internet.

 

Agora vamos encher o saco de assar com nosso substrato devidamente preparado e umedecido:

 

Não precisamos encher até a boca, porque vamos ter que deixar um espaço para amarrarmos a boca com uma lacre de plástico:

 

Agora podemos colocar a mistura no forma que já está pré-aquecido a 240graus. Colocaremos o substrato e vamos deixar a ponta que fizemos virado para fora, para que possamos medir a temperatura com termômetro até atingirmos 76graus.

 

Agora devemos pegar o saco plástico e mexer, para que se distribua toda a temperatura pelo substrato, assim que atingir 76 Graus, podemos desligar o formo, e checar a temperatura novamente depois de 40min.

O formo manterá o substrato aquecido nesta temperatura por um bom tempo. Caso diminua é só acender o formo por mais um tempo, sempre medindo.

 

Após 1h30 você poderá tirar o saco com seu substrato do formo e deixar em temperatura ambiente, se quiser, poderá repetir o processo no dia seguinte. Mas não notei grandes diferenças.

Boa sorte.